Gestores e conselheiros participam de evento nacional

Membros do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal – representantes dos empregados e da patrocinadora – e toda a Diretoria Executiva da Casembrapa estiveram presentes no 8º Seminário Unidas: Práticas Inovadoras na Gestão da Saúde, promovido pela União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas). O evento ocorreu durante a segunda e a terça-feira (10 e 11) desta semana, em Brasília.

Também participaram do evento supervisores e representantes de áreas estratégicas do plano de saúde, como Credenciamento, Relacionamento Institucional e Gestão de Sistemas. O objetivo foi capacitar e atualizar os profissionais frente aos desafios que são postos para as operadoras de saúde.

O 8º Seminário tratou de temas como: novos modelos de remuneração de prestadores, promoção e prevenção da saúde, atenção primária, autorregulação,  certificação de dirigentes de operadoras e novos mecanismos informatizados para a gestão da saúde.

“Ainda temos muito que crescer, mas estamos no caminho certo. A Casembrapa tem dado os primeiros passos principalmente rumo à prevenção e à promoção da saúde, que foram muito pontuadas como estratégias urgentes e necessárias para a sustentabilidade de todos os planos de saúde. O credenciamento também ganhará uma nova tônica e a gestão de sistemas está convicta da importância de dados exatos para realizarmos uma gestão ainda mais firme”, declarou Sonisley Santos Machado.

Casembrapa lança Calendário Anual da Saúde

Com o objetivo de incentivar e promover hábitos mais saudáveis, a Casembrapa lança o calendário Anual da Saúde. Funciona da seguinte maneira:

Mensalmente o plano de saúde irá divulgar uma ou duas datas apontadas pelo calendário oficial do Ministério da Saúde.

Também será promovido o desafio de um hábito saudável relacionado à data destacada.

O desafio será veiculado por e-mail, site do plano de saúde e no demonstrativo mensal do beneficiário.

É aí que entra você, usuário do plano, que adere à campanha e aceita o nosso desafio.

Mensalmente iremos promover um hábito saudável e se cada um desses hábitos for assimilado seremos muito mais saudáveis ao final do ano.

Aceita fazer parte dessa mudança coletiva?

Casembrapa lança carteirinha para PCMSO

Com o objetivo de garantir maior conforto e segurança aos empregados da Embrapa, o plano de assistência médica Casembrapa lança o cartão do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO). O documento deverá ser utilizado em todas as consultas e exames indicados pelo PCMSO, diferenciando estes procedimentos dos exames utilizados para a assistência dos beneficiários do plano.

“A carteirinha de PCMSO irá facilitar a gestão desse benefício”, conta Sonisley Santos Machado, presidente da operadora.

De acordo com a gestora da Casembrapa, todos os empregados da Embrapa serão beneficiados pela novidade, pois a carteirinha de exames periódicos dará acesso à realização dos exames sem que haja questionamento sobre o usuário ser ou não associado da Casembrapa.

A carteirinha também contribuirá diretamente com o usuário do plano, extinguindo a possibilidade de que o prestador de serviços, ao confundir os custos do PCMSO com os da Assistência, gere cobrança de coparticipação para o beneficiário.

As carteirinhas serão entregues pelos profissionais da saúde no momento da realização da primeira consulta com o médico do trabalho. O documento tem validade durante todo o período em que o profissional for empregado ativo da Embrapa.

Casembrapa e Ceres promovem o Dia do Aposentado

A saúde dos aposentados ganhou o foco das atenções no evento realizado nesta terça-feira, dia 24, na sede da Ceres.  O Dia do Aposentado contou com a participação de representantes da Embrapa, Ceres, Casembrapa, Anapec e Sinpaf.

Presente na cerimônia de abertura, a presidente em exercício da Embrapa, Vânia Castiglione, destacou a relevância de encontros entre os aposentados. “O modelo realizado hoje poderia ser repetido anualmente”, apontou a presidente.

A presidente da Casembrapa aceitou a sugestão com entusiasmo. “Atualmente, 13.25% dos beneficiários da Casembrapa são aposentados. É uma parcela grande e que necessita de atenção e cuidado especial”, afirmou.

Sonisley Santos Machado também destacou que esta é a primeira de uma série de ações fruto da parceria entre Casembrapa e Ceres. “Ainda este ano iremos iniciar vários projetos e ampliar a parceria com as instituições que compõem a Rede Viva”, destacou.

PARCERIA CONSTRUTIVA

Após a cerimônia de abertura, os participantes dispuseram do atendimento das instituições apoiadoras do evento.  O Hospital Ana Nery, Laboratórios Sabin, Centro Brasileiro da Visão (CBV), Sodexo e o Instituto de Medicina e Psicologia Integradas (Impi) ofereceram serviços gratuitos de nutrição, oftalmologia, teste de glicemia e aferição de pressão.

Ainda no período da manhã, o geriatra Celso Viana, do Hospital Anna Nery, e o psiquiatra Tiago Pereira Damasceno, do Impi, conversaram com o público sobre a importância da saúde mental para a saúde física. “Não podemos nos aposentar da vida”, foi a palavra de ordem entre os aposentados, que participaram da atividade, contando de suas experiências de vida e dos caminhos que têm buscado para a longevidade.

No período da tarde, foram os aposentados que subiram ao palco, ainda que metaforicamente, para contarem dos projetos pessoais e profissionais que têm tocado. O gosto pelo forró, a realização do projeto engavetado na ativa, a atuação em empresas e ONGs foram citadas como ações motivadoras fundamentais para a saúde plena.  Ao final do evento houve o sorteio de brindes e uma pequena confraternização entre os participantes.

PROJETO DE ATENÇÃO AO APOSENTADO

Na ocasião, Sonisley Santos Machado pontuou que o plano de saúde tem desenvolvido um projeto, ainda embrionário, de periódico para os que já estão fora das salas de trabalho.

“Enquanto está na ativa, o empregado da Embrapa participa do PCMSO [programa de controle médico da saúde ocupacional] onde tem a saúde acompanhada periodicamente. Na aposentadoria, o beneficiário deixa de realizar o acompanhamento e corre riscos maiores de desenvolver doenças crônicas”, explica.

O Periódico do Aposentado pretende ser um programa de estímulo ao acompanhamento da saúde na aposentadoria, promovido pelo plano. A ideia foi agraciada pela presidente da Embrapa, em exercício, Vânia Castiglione.

Vem aí a modernização de serviços da Casembrapa

A Casembrapa inicia o ano de 2017 com a implantação de uma série de procedimentos que vêm para estabelecer a modernização dos serviços prestados. Ao todo, são sete novos projetos, seguindo padrões determinados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). São eles:

Autorização Eletrônica via Star TISS – O serviço valida o número da carteirinha do beneficiário e os procedimentos que o prestador está autorizado a executar, evitando que procedimentos sejam realizados, pelo prestador, sem a devida cobertura e diminuindo o tempo de espera pela autorização de procedimentos que não precisam ser auditados.

A tecnologia substitui o modelo realizado hoje, onde os pedidos chegam e são tramitados por e-mail. O processo está sendo implantado inicialmente em Goiás e posteriormente seguirá para os demais estados brasileiros, onde a Casembrapa já possui prestadores diretos.

Auditoria virtual – A novidade moderniza o trâmite das solicitações que precisam ser auditadas, garantindo a segurança para o beneficiário, e para a Casembrapa, de que os dados farão apenas o trâmite necessário para chegar aos médicos auditores do plano de saúde. Assim, garantindo agilidade e mais profissionalismo no processo de auditoria médica, até então gerenciado por e-mail.

Até agora, seis prestadores em Brasília já possuem a auditoria virtual e desde janeiro deste ano prestadores de Goiânia passaram a integrar a fase experimental do novo modelo de auditoria, que está integrado com o processo de Autorização Eletrônica.

Protocolos de Atendimento – A partir de agora, o canal de atendimento ao beneficiário da Casembrapa, assim como os chamados para a solicitação de autorização, sejam realizados presencialmente, por telefone ou e-mail, passam a gerar número de protocolo.

O protocolo deve ser informado ao final do atendimento. E o usuário deve ficar atento e solicitá-lo caso não seja informado. É importante que o beneficiário guarde esse número e o mencione ao entrar em contato com a nossa equipe novamente, caso o tema ainda não esteja plenamente resolvido. O protocolo identificará o tema, o dia e horário do atendimento. Assim, o atendente irá saber o que foi tratado anteriormente, sem precisar que você fale tudo outra vez.

Canal Gratuito de Atendimento ao Beneficiário – Com o intuito de subsidiar uma comunicação direta entre beneficiários e o plano de saúde, e especialmente garantir o atendimento telefônico sem custos aos usuários que moram fora do Distrito Federal, a Casembrapa se prepara para lançar o canal de atendimento 0800.

O telefone será implantado ainda em 2017 e tem como novidade um novo sistema de telefonia via cabeamento de fibra ótica.

A tecnologia irá substituir o atual sistema telefônico da Casembrapa, via VoIP (Voz sobre Protocolo de Internet), tecnologia que possibilita a transmissão das chamadas por utilização da Internet.

A expectativa é de que o plano de saúde lance mais um salto para um atendimento cada vez mais qualificado e profissional.

FAQ – Pensando em dar respostas mais rápidas para as perguntas realizadas com mais frequências pelos beneficiários do plano, a Casembrapa criou o serviço de FAQ (Frequently Asked Questions). São mais de 20 questões, selecionadas pela nossa equipe.

Para acessar o serviço de FAQ, basta digitar no campo de busca da página uma palavra relacionada à sua dúvida e selecionar uma das questões disponíveis. Caso a sua dúvida não seja contemplada pelo nosso FAQ, contate-nos pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ligue (61) 3181 0010. Teremos satisfação em respondê-lo.

Carteirinha de PCMSO – Com o objetivo de garantir mais conforto e segurança aos empregados da Embrapa, o plano de assistência médica Casembrapa lança o cartão do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

O documento deverá ser utilizado em consultas e exames indicados pelo PCMSO, diferenciando estes procedimentos dos exames utilizados para a assistência dos beneficiários do plano.

As carteirinhas serão entregues na primeira consulta com o médico do trabalho para início do PCMSO.

Nova Sede – O Plano de Saúde Casembrapa ganhará uma nova sede, ainda este semestre. O novo prédio disponibilizará de mais espaço para a estruturação dos setores de trabalho e mais conforto para o beneficiário, que disponibilizará de uma área ampla para estacionamento e atendimento.

Essa demanda já havia sido apresentada à patrocinadora Embrapa, que vinha analisando a melhor forma de atender ao pedido da Operadora. A nova sede será no Parque Estação Biológica, no prédio ocupado anteriormente pelo SICOOB – Crediembrapa.