CAD tem nova composição

O Conselho de Administração da Casembrapa (CAD) ganhou uma nova composição para o quadriênio 2018-2022.

Tomaram posse nesta sexta-feira (dia 02) Magali dos Santos Machado, atual gerente de Gestão de Pessoas da Embrapa; Gerson Soares Alves Barreto, gerente Financeiro e Contábil da Embrapa; Eurípedes Rosa do Nascimento Júnior, gerente adjunto na Gerência Financeira e Contábil da Embrapa; e Nilson Alves Carrijo, diretor de Saúde do Trabalhador e Meio Ambiente do SINPAF.

Após a posse houve a eleição para a presidência, conforme previsto no estatuto da Casembrapa. Por unanimidade, Magali Machado foi eleita presidente do colegiado.

 

Confira os atuais membros do CAD:

 

Representante da Embrapa

Membro titular / Presidente: Magali dos Santos Machado

Membro titular: Gerson Soares Alves Barreto

Membro suplente: Eurípedes Rosa do Nascimento Júnior

 

Representantes dos empregados

SINPAF

Membro titular: Nilson Alves Carrijo

Membro suplente: Luiz Carlos Benato

 

FAEE

Membro titular: Carlos Alberto Honorato da Silva

Membro suplente: Antônio Wellington Soares de Carvalho

Diretorias Administrativa e Financeira da Casembrapa têm novos gestores

A Diretoria Executiva da Casembrapa passa a contar com dois novos membros desde a segunda-feira, dia 20/11. Alan Augusto dos Reis é o novo diretor Financeiro, no lugar de Júlio Cezar Pereira, que esteve no cargo desde 2008. Márcia Cristina de Faria passa a ocupar o posto de diretora Administrativa da instituição, ocupado desde 2011 por Cassio Costa da Silva Curi.

Os novos diretores tomaram posse na tarde desta segunda-feira, durante a reunião do Conselho de Administração da Casembrapa (CAD). Eles foram escolhidos a partir de uma lista tríplice, composta por nomes indicados pelo Sinpaf e pela Faee, no caso da Diretoria Administrativa e pela Embrapa, no caso da Diretoria Financeira. O processo seletivo foi realizado pelo CAD, por meio de entrevista e avaliação escrita e curricular. O mandato será de três anos.

“A expectativa é de que ambos venham dar suas contribuições, com compromisso com a instituição, no sentido de cada vez mais colocá-la de pé”, disse a presidente da Casembrapa, Sonisley Santos Machado.

 

NOVOS DIRETORES

Graduado em Ciências Contábeis e pós-graduado em Direito Tributário e Finanças Públicas, Alan Augusto dos Reis ingressou na Embrapa em 2007. Desde então, o contador esteve lotado no Departamento de Administração e Finanças (DAF) onde desenvolveu atividades em sua área de formação. Alan ainda colaborou como membro titular dos conselhos fiscais da Fundação Eliseu Alves e da própria Casembrapa.

Graduada em Jornalismo e pós-graduada em Comunicação Empresarial, Márcia Cristina de Faria acumula experiências nas áreas administrativas e de gestão de equipes. Ela ingressou na Embrapa em 2011, e esteve lotada no Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) da Embrapa Cocais. Entre 2013 e 2016, Márcia presidiu a Seção Sindical Maranhão e em 2016 foi eleita como diretora nacional de Comunicação pelo Sinpaf.

Casembrapa em novo endereço

O plano de saúde Casembrapa mudou para o antigo prédio do Sicoob, localizado ao lado do Cantinho da Terra, na Embrapa Sede.

Correspondências devem continuar sendo enviadas para a Caixa postal da operadora: Caixa Postal 10811, CEP 70306-970.

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

 

 

 

 

 

TELEFONIA

A partir de 02 de outubro a Casembrapa passará a operar um novo sistema de telefonia. A expectativa é de que a mudança traga mais qualidade para o atendimento prestado pela instituição aos seus beneficiários e prestadores de serviços.

Sistema de telefonia instável será substitu

A Casembrapa está em processo de contratação de um novo sistema de telefonia para substituir o atual, via VoIP, que utiliza a Internet na transmissão das chamadas e tem apresentado muita instabilidade.

“Quando deixamos os ramais da Embrapa, em agosto do ano passado, priorizamos a implantação de uma tecnologia que possibilitasse a gestão das ligações. Nesse ponto demos um salto, mas o sistema de telefonia via VoIP se mostrou instável e tem nos impossibilitado o contato telefônico”, explica o diretor Administrativo, Cássio Costa da Silva Curi.

Dessa vez, a Casembrapa optou por uma ferramenta que soma a tecnologia do software de transmissão das ligações à estabilidade de um canal único de cabeamento via fibra ótica. O plano de saúde cotou e definiu a empresa que será contratada. A expectativa é de que em até 30 dias seja implantado o novo sistema de telefonia.

“Pedimos desculpas pelo transtorno e solicitamos a todos que optem, neste período, por utilizar os nossos contatos de e-mail. Nossas equipes estão capacitadas a respondê-los com a maior brevidade possível”, declara a presidente, Sonisley Santos Machado.

Campanha de Prevenção à Hipertensão acontece nas Unidades da Embrapa

No Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, comemorado em 26 deste mês, a Casembrapa irá promover a aferição da pressão dos embrapianos. A ação é parte do Calendário Anual da Saúde, um projeto da Casembrapa que propõe destacar a cada mês uma data relevante referente à Saúde.

“Será a primeira ação de promoção da saúde que também será realizada fora da sede da Embrapa. Nosso objetivo é continuar avançando para promovermos a Saúde de Verdade, independente da proximidade física dos beneficiários com a sede do plano de saúde”, anuncia Sonisley Santos Machado.

Para realizar a ação, o plano de saúde tem negociado parceria com diversos prestadores credenciados. Nos locais onde não foi possível realizar a parceria, a Casembrapa irá contar com os enfermeiros e técnicos de enfermagem que atuam nas Unidades descentralizadas da Embrapa.

Vejam as Unidades que já estão com a agenda definida:

Casembrapa vai até Goiânia para dialogar com prestadores

Uma equipe de profissionais da Casembrapa, liderada pela presidente da empresa, realizou um encontro com os prestadores de saúde de Goiânia, credenciados ao plano de saúde. O objetivo foi iniciar um processo de relacionamento mais intenso com esses credenciados, em resposta à demanda dos beneficiários da Unidade Arroz e Feijão, que têm encontrado dificuldade em receber atendimento direto e acabam recorrendo à rede cedida pela Cassi.

O encontro aconteceu no último dia 24. A ação reuniu profissionais de 13 das 28 empresas credenciadas na região. Dentre os participantes, representantes de empresas expressivas, como a cooperativa Comego, os hospitais Santa Helena e São Francisco, o Pronto Socorro Infantil de Goiânia e o Pronto Socorro para Queimaduras.

“Percebemos que existe uma divergência entre os discursos das empresas credenciadas e dos nossos beneficiários. Na reunião, os prestadores se mostraram muito receptivos à nossa pauta de aproximação, mas os beneficiários continuam se queixando de não receber atendimento usando a carteirinha Casembrapa”, disse Sonisley Santos Machado.

No dia seguinte (25), foi realizada uma reunião na Unidade goiana, com os beneficiários. “Pudemos discutir que uma boa saída para este problema será não deixar a rede tão pulverizada, e sim, credenciar poucos prestadores que realmente atendam, para que possamos acompanhar melhor essa rede, ou seja, trabalhar na perspectiva de uma rede referenciada”, apontou a presidente da Casembrapa.